@GrupoFlaMais flamais@flamais.com.br (21) 99372-1001 @FlaMais

FLA+   Somando pelo FLA

Falta de transparência inviabiliza votação das contas de 2017

O FLA+ está acompanhando de perto a apuração e votação das contas do Flamengo de 2017!

Julgamos importante que você, conselheiro, sócio e torcedor do Flamengo, saiba como está o processo de aprovação do Balanço Patrimonial e Financeiro de 2017 pelo Conselho Deliberativo do clube. Se você, assim como o Fla +, tem compromisso com a transparência, veja algumas informações que selecionamos para você:

– Durante a reunião do Conselho Deliberativo em que foi apresentado o Balanço de 2017 houve diversos questionamentos, sobretudo o alto valor pago referente aos bônus e gratificações de jogadores e comissão técnica pelas competições que o Flamengo participou, em que pese o resultado esportivo não estar condizente com as tradições rubro-negras de VENCER, VENCER, VENCER;

– Foi questionado o fato de que a cada ano o Flamengo paga mais juros que no ano anterior referente a financiamentos, empréstimos e impostos, o que demonstraria um aumento do endividamento e não uma redução.

– Um conselheiro havia apurado que a forma como fora lançada a execução do contrato da operação “morro da viúva” não condizia com o que fora aprovado pelo conselho na época. Tal afirmação embasada em provas desconsertou muitos dos presentes e a ressalva feita pelo conselheiro foi imediatamente inserida.

– Os debates e os questionamentos foram tantos que Rodrigo Dunshee, presidente do Conselho Deliberativo, colocou em votação e o plenário decidiu colocar a reunião em permanente, ou seja, sem finalizar exigindo que a diretoria adequasse o balanço e respondesse todos os questionamentos. A reunião deverá continuar na próxima semana após o feriado;

– Nos bastidores, comenta-se que as intervenções de Marcos Braz, Marcello Faulhaber e Lysias Itapicuru foram decisivas na avaliação dos números das contas do Flamengo em 2017. Tais rubro-negros fizeram valer a máxima que diz “ISSO AQUI É FLAMENGO!”.

Share

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *